Rabanada: A histórica receita natalina - Panificadora Saint Georges | Panificadora Saint Georges

Blog

08/12/2019

Rabanada: A histórica receita natalina

Rabanada

Faltam poucos dias para o natal e com ele diversos pratos e receitas típicas dessa época voltam a ter grande destaque. Conhecida também como fatia dourada ou fatia de parida, a rabanada é um doce natalino histórico que tem a admiração de muitas pessoas, fazendo com que esse prato não caia no esquecimento. Não é só apenas do Brasil que ela é preparada no Natal, em diversos países do mundo essa tradição já existe há muito tempo com versões diferentes, como, o acréscimo de vinho do Porto, frutas vermelhas e o acompanhamento do creme inglês. Mais recentemente apareceram variedades veganas que substituem o leite de vaca por leite de soja e o ovos por farinhas de grão de bico, farinha de soja ou outras leguminosas.

Assim como o panetone a história da origem da rabanada é cercada por lendas. Apesar de sua origem sempre estar ligada a Portugal, é possível encontrar variações da rabanada, como o “Eggy bread” na Inglaterra, o “French toast” nos EUA, e o “Pain Perdu” na França. Mostrando que é muito mais provável uma forte influência francesa na origem da rabanada, do que uma influência portuguesa. Mas o fato é que essa receita foi criada através da necessidade do reaproveitamento do pão (amanhecido), que sempre foi considerado um ingrediente sagrado, por representar o corpo de cristo para os católicos.

Contradições

Os americanos acreditam que a rabanada seria uma receita espanhola da idade média, outros dizem que fritar pão não tem uma origem única, porque seria uma forma comum de melhorar o gosto do alimento. Nesse caso, a primeira referência, segundo o famoso dicionário de inglês Oxford, dataria de 1660.

No Brasil

É fato que a rabanada chegou no Brasil com os portugueses, que rapidamente ganhou popularidade e tomou conta do Natal dos brasileiros. Mesmo tendo perdido espaço para o panetone, a rabanada é feita em diversos estados, sendo o nordeste o maior consumidor. O nome “fatia de parida” vem de uma história que conta do auxílio que esse doce natalino dava na produção do leite materno durante a gravidez, e por isso era sempre oferecido para as grávidas.

Na Saint Georges essa tradicional receita é produzida todos os dias, pois afinal não precisamos ficar o ano inteiro à espera de nos deliciar com uma rabanada!! Tradicional, deliciosa e sabor único. Se desejar faça sua encomenda.

Leia a nossa última publicação no blog: A Origem do Panetone

Voltar

Compartilhe

 

Fale conosco
Fale conosco